>A Volta ao Mundo em 80 dias

>

Verne, Júlio. Tradução de Vieira Neto. São Paulo: Hemus, s/d

O inglês Fíleas Fogg levava uma vida metódica, sempre igual. Até o dia em que uma aposta maluca o leva a sair em viagem, tentando provar que se poderia dar a volta ao mundo em apenas oitenta dias! Junto com seu criado, o francês Passepartout – que nesta tradução é chamado pelo apelido Fura-vidas –, eles se metem em dezenas de encrencas, pois além de ter de lidar com o imprevisto em todos os cantos do mundo, para chegar a tempo e ganhar a aposta, eles são perseguidos por um policial que quer prendê-los a todo custo! Obra do francês Júlio Verne, escrita no século XIX.

Trecho: Fíleas Fogg estava na prisão. Haviam-no encerrado em dependência da Alfândega de Liverpul, e devia passar ali a noite, à espera de ser transferido para Londres. No momento de sua detenção, Fura-Vidas quis lançar-se sobre o detetive Fix, mas os policiais impediram-no. Fura-Vidas explicou a Aouda, que, além de inquieta, estava aterrada. Fogg, aquele valente e honrado cavalheiro, a quem ela devia a vida, estava detido como ladrão… As lágrimas sulcaram as faces da jovem, quando viu que nada podia fazer para socorrer o seu salvador. Quanto a Fix, tinha detido Fogg, fosse ou não culpado, porque era esse o seu dever. A Justiça decidiria.

Resenha de Rosana “Shelob”, que é membro da Toca SP do CB desde 2001.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *